Perguntas Frequentes

  • Como funciona o Consórcio?

    Todos os integrantes realizam contribuições mensais ao grupo por um período predeterminado. A cada 30 dias, um ou mais deles são contemplados. As contribuições ao grupo continuarão a ser realizadas até que todos recebam a carta de crédito que será usada para a aquisição do bem. A Administradora é responsável por fazer a gestão do grupo de acordo com as regras do Banco Central. 

  • Nova Lei dos Consórcios

    Conheça a Nova Lei dos Consórcios nº 11.795/08 que entrou em vigor em 06/09/2009 complementada pela circular 3.432, divulgada em 04/02/2009 pelo Banco Central do Brasil. A nova regulamentação agregou diversos benefícios aos consorciados, como:

    Quitação e Financiamentos: você pode utilizar o crédito, após a contemplação, para quitação total de financiamento em nome do próprio consorciado, tanto para o consórcio imobiliário ou de automóvel.

    Adquira seu imóvel na planta: usando sua carta de crédito o consorciado contemplado pode adquirir um imóvel vinculado a empreendimento imobiliário, de acordo com as condições expressas no contrato de adesão.

    Saldo de crédito para quitação de despesas tributárias do bem adquirido: se o valor do bem for inferior ao valor do crédito, o saldo restante poderá ser utilizado para pagamentos de despesas tributárias, como transferências de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguro, desde que o valor das despesas não passe o limite de 10% do valor total de crédito.

    Rapidez para constituição do grupo: agora não é mais necessário aguardar a adesão de no mínimo 70% de participantes, basta o grupo possuir recursos suficientes para contemplar o bem de maior valor do grupo até a data da 1ª Assembleia Geral Ordinária.

    Restituição de valores pagos por consorciados excluídos ou cancelados: os consorciados excluídos poderão ter seus valores pagos, a título de fundo comum, restituídos sem precisar esperar o encerramento do grupo. Para isso o consorciado concorrerá a sorteios mensais nas assembleias.

  • Mais Vantagens

    Quem possui uma empresa que utiliza uma frota de carros para poder atender seus clientes, sabe que é necessário ter carros sempre atualizados para não haver gastos com manutenção.

    Com o consórcio de automóveis sua empresa pode ter grandes vantagens, como maximizar os lucros, pois não é cobrado juros. Você pode programar a compra dos carros para sua empresa, antecipar sua contemplação ofertando lance, e melhor ainda, seu carro usado serve como oferta de lance, você sai de carro novo e o valor do mesmo será abatido no valor ou número das parcelas. 

    Além de tudo isso, comprando os carros da sua frota pelos nossos planos, você evita burocracia e ganha prazos flexíveis de 36 a 144 meses, consultores especializados que vão lhe indicar o plano perfeito para atender a necessidade de sua empresa.

  • Como ganhar dinheiro com o Consórcio

    O Consórcio é um meio muito utilizado para quem quer investir pouco por mês, em um negócio seguro e rentável. Investir através do consórcio é mais lucrativo que outros fundos de investimento do mercado, pois nessa modalidade você não corre risco nenhum. Você aplica pouco dinheiro por mês e não depende de nenhuma variável para ter rentabilidade. Existem três formas de ganhar dinheiro fazendo cotas de consórcio:

    Comprar a cota de consórcio e vender quando ela contemplar:

    • Adquira uma cota de consórcio de qualquer valor.
    • Vamos supor que você é contemplado na 18ª assembleia.
    • Colocando essa cota a venda em pouco tempo você pode obter um lucro de mais de 100% sobre o valor pago em parcelas. Você pode ter duas vezes mais dinheiro do que no início do investimento do consórcio.

     

    Aplicar o consórcio contemplado na aplicação automática da administradora:

    • Você tem um consórcio com crédito de R$ 100 mil, com parcelas de R$ 694,44 em um plano de 180 meses.
    • Vamos supor que você seja contemplado na 18ª assembleia. Você terá investido até então um valor de R$ 12.499,92 após essa contemplação.
    • A administradora coloca o valor contemplado em uma aplicação automática que rende sobre a poupança em torno 0,52% ao mês. Desta forma você terá um retorno de cerca de R$ 520,00 por mês.
    • Como a parcela do consórcio é de R$ 694,44, há uma diferença de R$ 174,44 por mês, que você continua pagando.
    • Ou seja, você pagará 162 parcelas de R$ 174,44, totalizando R$ 28,259,28. O valor restante para pagar a parcela será complementado com o rendimento da aplicação.
    • Ao final do plano, você terá pago um total de R$ 40.759,20 e terá direito a retirar R$ 100 mil em dinheiro.
    •  

    Comprar um imóvel e alugar:

    • Vamos usar como exemplo um consórcio de R$ 150 mil, onde as parcelas serão de R$ 1.41,67, em um plano de 180 meses.
    • Vamos supor que você tenha pago 18 parcelas e seja contemplado por sorteio. Dessa forma, você investiu um total de R$ 18.750,06.
    • Você compra um imóvel com o valor do crédito e aluga por R$ 700,0, por exemplo.
    • Dessa forma, você terá que desembolsar mensalmente apenas a diferença para pagar o consórcio, ou seja, 162 de R4 341,67, totalizando um valor de R$ 55.350,54.
    • Somando esse valor aos R$ 18.750,06 pagos antes da contemplação, você vai pagar apenas R$ 74.100,60 e terá um imóvel quitado no valor de R$ 150 mil, tendo um lucro superior a R$ 75 mil.

     

  • Como proceder após a contemplação?

    Bem Móvel: após a contemplação, a Administradora encaminhará para o endereço de correspondência do consorciado, cadastrado junto à Administradora, o Aviso de Contemplação com todas as orientações e procedimentos.

    Bem imóvel: após a contemplação, a Administradora encaminhará para o endereço de correspondência do consorciado, cadastrado junto à Administradora, o Aviso de Contemplação. Quando receber o Aviso de Contemplação, ligue para nossa central de atendimento que nós iremos lhe orientar. Fique tranquilo nós temos uma equipe especializada onde você não precisará fazer praticamente nada, apenas usufruir dos benefícios do crédito.

  • Como será amortizado o pagamento do lance em minhas prestações?

    Amortizar as prestações, na ordem inversa a contar da última prestação, reduzindo assim o prazo para a liquidação do saldo devedor da cota; Para esta opção não é necessário comunicar a Administradora, pois este procedimento é automático. Diluição do valor proporcionalmente nas prestações a vencer, diminuindo, assim, o valor das próximas prestações e mantendo o mesmo prazo.** Consulte disponibilidade de cada grupo a amortização do lance.

  • Quantos consorciados são contemplados por mês?

    O número de contemplações depende do saldo do grupo no dia da assembleia, sendo que a prioridade de contemplação é de uma cota por sorteio e as demais por lance.

  • Quando eu pago o lance caso ele seja o vencedor?

    Você só irá pagar o lance após a confirmação de sua contemplação. Caso você não pague o lance sua contemplação será cancelada.

  • Posso ofertar o lance com meu FGTS?

    Sim. Para planos de imóveis de titular pessoa física desde que esteja enquadrado nas regras do Conselho Curador do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) da Caixa Econômica Federal, na qualidade de agente operador do FGTS e do Banco Central do Brasil.

  • Posso dar meu veículo usado como forma de lance?

    Consultar!

  • Como funciona a apuração do lance vencedor?

    O lance é ofertado em percentual relativo ao valor do bem objeto do plano. Será considerado vencedor o lance que representar o maior percentual ou número de parcelas em relação ao valor do bem. Em caso de empate entre os lances, o desempate será resolvido tomando-se como base a aproximação do número da cota sorteada. Assim, será considerada vencedora a cota que estiver mais próxima, em ordem crescente da cota sorteada.

  • Como um consórcio é contemplado?

    Por sorteio ou por Lance. Somente concorrerá à contemplação o consorciado que esteja em dia com a parcela do mês.

  • O que é contemplação?

    É a atribuição ao consorciado do crédito para aquisição de bem ou serviço.

  • Posso antecipar o pagamento das prestações?

    Sim, o consorciado poderá antecipar as prestações e ainda receberá um desconto do seguro prestamista.

  • Como são feitos os pagamentos das prestações mensais?

    A primeira prestação será paga, por meio de cheque nominal a Administradora podendo ser pré-datado para a data do vencimento do grupo ou em espécie direto ao vendedor, sendo que na proposta de adesão ficará um recibo do valor da primeira parcela. Os demais pagamentos das prestações mensais podem ser efetuados em qualquer agência bancária, até o seu vencimento, conforme opção do consorciado: por meio do boleto enviado juntamente com o extrato mensal do consórcio para o endereço de correspondência ou por meio de débito automático. Caso o consorciado não receba o boleto até a data de vencimento acordada, poderá emitir por meio do site da Administradora uma 2ª via para pagamento com o login e senha que receberá ou ainda poderá entrar em contato através de nossa central de atendimento que lhe enviaremos a segunda via através de e-mail.

  • Como receberei informações sobre meu plano de consórcio?

    Após a confirmação do pagamento inicial, o consorciado receberá a confirmação de sua adesão ao grupo de Consórcio através de uma ligação de Boas Vindas, depois disso o consorciado receberá um login e senha para poder acompanhar o andamento de sua cota através da internet, ou ainda poderá entrar em contato com nossa central de atendimento.

  • Como faço para adquirir uma cota de um grupo de consórcio e quais os documentos para aderir ao grupo?

    Para adquirir uma cota você pode entrar em contato conosco e falar com um de nossos consultores, que será identificado qual o melhor plano para você. Os documentos para aderir ao grupo são: RG e CPF, comprovante de residência e o valor da primeira parcela (não cobramos taxa de adesão).

  • O que é fundo comum?

    São os recursos do Grupo destinados à atribuição de crédito aos Consorciados contemplados para a aquisição do bem ou serviço e à restituição aos consorciados excluídos dos respectivos Grupos, bem como para outros pagamentos previstos no Contrato de Adesão.

  • O que é taxa de administração?

    É a remuneração da administradora pelos serviços prestados na formação, organização e administração, desde o início do grupo até o seu encerramento.

  • O que é uma cota?

    É a parte ideal dos recursos do grupo, de titularidade do consorciado e numericamente identificada, nela caracterizada o bem ou serviço.

  • O que é consórcio e quais seus benefícios?

    Consórcio é a união de pessoas físicas e/ou jurídicas que se reúnem com a finalidade de adquirir um bem por meio de autofinanciamento. Os participantes adquirem uma cota e pagam prestações mensais, gerando recursos para a compra do bem. Mensalmente, as contemplações acontecem por meio de sorteio e se houver saldo de caixa por lance. Ao final do prazo do grupo, todos os participantes terão recebido a sua carta de crédito. Os benefícios do consórcio são:

     

    • Não há cobrança de juros;
    • A taxa de administração e o prêmio de seguro prestamista, quando contratado, são diluídos por todo o período do plano;
    • Variedade de valores e prazos;
    • Atualização do valor da Carta de Crédito de acordo com tabelas dos fabricantes ou Índice Nacional da Construção Civil (bens imóveis);
    • Liberdade de escolha do bem que desejar, novo ou usado, de acordo com o segmento do grupo;
    • Seguro Quebra de Garantia, que garante a saúde financeira do grupo no caso de inadimplência de contemplados que já adquiriram o bem;
    • Opção de oferta de lance para antecipação da contemplação;
    • Possibilidade de destinar o crédito p/liquidação total de financiamento de bens de titularidade do consorciado, observado o segmento;
    • Possibilidade de utilização do FGTS, nos grupos de imóveis e aquisição de bem imóvel vinculado a empreendimento imobiliário.

     

  • Como funciona o consórcio imobiliário?

    Todos os integrantes realizam contribuições mensais ao grupo por um período predeterminado. A cada 30 dias, um ou mais deles são contemplados. As contribuições ao grupo continuarão a ser realizadas até que todos recebam a carta de crédito que será usada para a aquisição do bem. A Administradora é responsável por fazer a gestão do grupo de acordo com as regras do Banco Central.

  • Uso da Carta de crédito para aquisição de imóvel na planta

    O consorciado contemplado pode adquirir um imóvel vinculado a algum empreendimento imobiliário, desde que ofereça outro imóvel como garantia e respeite as demais condições descritas no Contrato de Adesão. 

  • Uso da Carta para quitação de financiamentos

    Utilização do crédito, após a contemplação, para quitação total de financiamento em nome do próprio consorciado, tanto para o consórcio imobiliário, como para o de automóvel.

  • Saldo do crédito para quitação de despesas tributárias do bem adquirido

    Esta é uma grande vantagem aos consorciados, pois, a Lei determina que, se o valor do bem for inferior ao valor do crédito, o saldo restante poderá ser utilizado para pagamento de despesas tributárias, como transferências de propriedade, tributos, registros cartoriais, instituições de registros e seguro, desde que o valor dessas despesas não ultrapasse o limite de 10% do valor total de crédito.

  • Formas de Contemplação

    Existem duas formas de ser contemplado no sistema de consórcios. A primeira é por meio de um sorteio realizado mensalmente. A outra opção é apresentar um lance que corresponde a um percentual do valor do bem desejado. Para entender melhor, quem opta por dar um lance em uma assembleia mensal, está, na verdade, antecipando prestações. Assim, vence a disputa quem puder antecipar o maior número de prestações possível. Suponha que você aceite quitar 50% da dívida, e ninguém esteja disposto a dar um lance maior, você será contemplado com a carta de crédito para adquirir o seu bem. 

Quer saber como
investir seu dinheiro?